O Analista de Suporte Diabólico

07/07/2011

Às vezes me sinto ignorado. Quantas vezes já repeti para não ligarem no telefone do Suporte com perguntas idiotas?! Mas ninguém me escuta! Certas perguntas idiotas merecem respostas idiotas…

- Alô, é do suporte? (esta é a pergunta idiota)

- Não, é da contabilidade! (esta é a resposta idiota)

- Nossa, liguei errado! Desculpe!

Desligo. O telefone volta a tocar. Olhei no digital, era o mesmo número.

- Alô, é do suporte? (lá vamos nós…)

- Não, é da contabilidade. Eu acho que você já ligou aqui. Porque não tenta o final 7225, é de lá…

- Ah, obrigado!

Tem vezes que me odeio. Imagino se o sr. Fonseca, dono da empresa, vai ser tão educado quanto eu…

E o telefone toca novamente. E é ele novamente!

- Alô! Você me mandou ligar no telefone errado!

- Suporte Técnico, bom dia! Com quem falo? (esta é a saída de mestre…)

————————————————————————————————————————————————————————————

06/07/2011

9:00 – O dia começa agitado. Logo quando chego, sou abordado no elevador pelo chefe da segurança. Quer que eu ajude a recuperar umas imagens que foram apagadas, de um suposto ladrão de máquinas de café na copa do 5º andar. Claro que as imagens foram apagadas por alguém por engano…

10:00 – Recebo uma ligação do chefe. Quer que eu instale um software de gerenciamento de projetos no micro dele. Digo que estou muito atrapalhado e assim que terminar um suporte que estou dando, faço conexão remota em sua máquina. Ele acredita, eu desligo.

12:15 – Outra ligação. É o chefe de novo! Ele não cansa? Disse que não precisa mais da minha ‘ajuda’, pois ele mesmo achou o instalador e fez o meu serviço! Melhor pra mim, posso terminar de assistir o exterminador do futuro em paz. Aproveito para ligar a cafeteira no lugar do telefone…

13:00 – Hora do almoço!

16:00 – O almoço estava ótimo. Hora de tirar um cochilo para conseguir dirigir tranquilo na volta pra casa.

17:59 – Desligo a cafeteira da tomada, ligo novamente o telefone e vou-me embora antes que ele toque. Chega de trabalhar!

————————————————————————————————————————————————————————————

História

O Analista de Suporte Diabólico é inspirado nas histórias do Bastard Operator From Hell (Operador Bastardo do Inferno), de Simon Travaglia. Nos contos de Travaglia, o BOFH, como é conhecido, é um Administrador de Rede totalmente maluco, que gosta de, literalmente, zoar o plantão. Ele se diverte apagando contas de usuário, colocando a culpa das coisas nos outros, fazendo o chefe de bobo e por aí vai. Aqui, fiz uma adaptação para o Analista de Suporte Diabólico, que é um cara do Suporte de Informática, que também é um maluco, doido varrido, e adora sacanear os outros. Porém, as histórias são mais voltadas para o ambiente de Suporte Técnico, onde ele também vai apanhar bastante dos usuários que tem uma certa dificuldade em utilizar a ferramenta computador.

Convido-lhes a dar umas risadas com o Analista de Suporte Diabólico!

Abraços a todos!

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: